START TYPING AND PRESS ENTER TO SEARCH

Clareamento dentário

A importância da manutenção do clareamento dental: entenda alguns cuidados que você deve ter

Quem procura o clareamento com profissionais tem como objetivo deixar seus dentes mais brancos e mais saudáveis, mas deve-se ter em mente que a manutenção é tão importante quanto o tratamento. Caso o paciente não tenha a devida atenção, o resultado não será tão duradouro como o esperado. Por isso, torna-se fundamental seguir as recomendações do dentista.

Leia mais nesta publicação sobre a importância da manutenção do clareamento dental e outras dicas essenciais para um maior aproveitamento.

Como o clareamento dental é feito?

image5
O clareamento é feito no consultório do dentista. Converse com o profissional para saber se há necessidade do tratamento

A técnica do clareamento dental consiste na aplicação de um gel que agirá por alguns minutos na superfície dentária. Uma limpeza primária é feita para a remoção de uma placa de sujeira acumulada ao longo do tempo nos microporos dos dentes.

A falta de escovação diária contribui para a maior concentração de material orgânico nestes poros, o que leva ao escurecimento do dente mais rapidamente. A higienização servirá para garantir um efeito melhor para o clareamento.

CTA

Após 20 ou 30 minutos da aplicação, a remoção é feita com jatos de água para limpar o excesso de gel. Este procedimento necessita de cuidados constantes para que tenha eficácia, portanto não depende somente do procedimento no consultório. A manutenção do clareamento dental é a etapa a seguir para concluir os efeitos.

Qual é a periodicidade da manutenção?

Para atingir o resultado desejado, a manutenção tem que ser feita periodicamente, sempre checando com o dentista responsável alguns fatores. O clareamento dental não tem duração para o resto da vida, inclusive quando é feito corretamente e com o paciente seguindo todas as indicações. Isso acontece porque é impossível manter os dentes intactos, mesmo com todos os cuidados rotineiros.

Eventualmente, é natural que o escurecimento volte a aparecer. Por isso, a manutenção do clareamento dental é uma exigência para quem quiser ter os dentes brancos e bem cuidados por mais tempo. No geral, os dentistas indicam uma renovação do procedimento entre um ou dois anos após a primeira aplicação, podendo ser total ou parcial. Dependerá muito do estado em que o paciente conseguiu manter seus dentes neste período.

Retornos a cada seis meses são sempre recomendados para que o profissional acompanhe de perto o tratamento, indicando sempre o melhor cuidado em cada caso específico.

Existe uma manutenção específica para coroas e restaurações?

O clareamento dental é específico para a superfície do esmalte dos dentes, portanto é onde apresenta os melhores resultados. No caso de pacientes que utilizam coroas ou restaurações, será necessária a troca por novas próteses para igualar a cor, já que a manutenção não se aplica em dentes sintéticos.

Quais são os principais cuidados recomendados para manter o clareamento com sucesso?

Além da assistência profissional, a atenção deverá continuará em casa e nos hábitos do paciente. A escovação diária é uma preocupação bem conhecida que se deve ter, mas existem outras práticas menos divulgadas.

Um dentista deverá ser consultado para informar quais medidas são mais recomendadas de acordo com o quadro. Algumas dicas incluem evitar alimentos com corantes, alimentos ácidos, antissépticos bucais coloridos, tabaco, além de manter sempre a higiene diária.

Confira os tópicos com as indicações básicas de manutenção do clareamento dental abaixo.

Evitar alimentos e bebidas com corantes

Os corantes são os principais inimigos do clareamento dental. Grande parte dos alimentos possui uma coloração forte que, se ingeridos com frequência, acabam manchando a superfície dos dentes com os pigmentos.

Algumas bebidas que mais mancham os dentes são café, vinho tinto, chá-preto e refrigerantes. Já os alimentos são beterraba, açaí, molho shoyu e molho de tomate. Basicamente, tudo que tiver uma coloração muito forte deve ser evitado, a não ser que se realize bochechos com água e escovação depois.

Logo após o procedimento, os poros do esmalte podem estar um pouco mais suscetíveis ao acúmulo de placas por terem sido abertos para a limpeza. Portanto, neste período deve-se ter mais atenção ao tipo de alimento que será consumido.

No caso dos líquidos, uma dica é utilizar canudos ao ingerir bebidas para que o corante não entre em contato direto com os dentes.

image4
Lembre-se de utilizar canudos para ingerir bebidas com corantes ou ácidas

Evitar alimentos ácidos

Assim como os corantes, o ácido presente nos alimentos contribui para a corrosão e, consequentemente, escurecimento dos dentes. Refrigerantes, mesmo se tiverem coloração clara, contam com muitos ácidos em sua composição.

Outros alimentos ácidos são as frutas, como abacaxi, limão e laranja. A recomendação é não consumir estes produtos, seja em sucos ou em sua forma natural.

Não fumar

image1 (6)
O cigarro, além de escurecer o esmalte, causa diversos problemas de saúde

Pessoas que fumam excessivamente acabam adquirindo uma cor amarelada nos dentes. Além de ser prejudicial à saúde, causando problemas em toda a boca, o tabaco libera toxinas que amarelam os esmaltes.

CTA FINAL 2

Não utilizar produtos de higiene bucal coloridos

image2 (6)
Os produtos de higiene corretos evitam o escurecimento dos dentes

Antissépticos bucais e pastas coloridas também têm em sua composição corantes que afetam o clareamento dental, por isso, assim como os alimentos, devem ser evitados. Existem enxaguantes sem corante e sem álcool e pastas brancas, sendo estes os mais recomendados.

Peça indicações para seu dentista sobre quais são os melhores produtos no mercado.

Escovar os dentes após refeições

A higienização bucal refere-se à limpeza diária que deve ser feita, como utilização de fio dental, escovação e aplicação de antissépticos. É recomendado realizar este procedimento sempre após as refeições e antes de dormir, para que não haja acúmulo de resíduos de alimentos nos dentes.

Uma dica é esperar de 10 a 20 minutos para a higienização, visto que uma escovação imediata pode ajudar a espalhar os ácidos e pigmentos pela boca. Após um pequeno período, a saliva contribui com a limpeza e a higiene se torna mais eficaz.

image3 (2)
A manutenção do clareamento depende dos cuidados do paciente

Você percebeu nesta publicação que o clareamento dental é muito mais do que contar com o procedimento do dentista. A manutenção após o tratamento é muito importante para evitar o escurecimento indesejado, por isso o cuidado com os dentes deve ser ainda maior.

Conhece outras dicas para a manutenção do clareamento dental? Deixe um comentário com suas dicas e continue acompanhando nosso blog para mais informações!

About the Author:Carolina Caram

Leave a Comment

Whatsapp - 8h às 18h