START TYPING AND PRESS ENTER TO SEARCH

Conheça a prótese removível: dicas para escolher a prótese certa

Um sorriso incompleto gera não apenas dificuldades para se alimentar, já que a menor quantidade de dentes exige que você se prive de determinados alimentos, mas também causa problemas na autoestima. Surge, então, a ideia de se utilizar a prótese removível.

Você se sente mais à vontade para sorrir e sabe que poderá comer qualquer tipo de alimento e não apenas apostar nos mais moles ou pastosos. A verdade é que não há motivos para se contentar e aceitar ficar com dentes faltando.

Conheça melhor a prótese removível, incluindo dicas para escolher a que melhor se adapta a você!

O que é uma prótese removível?

image3
A prótese removível é confeccionada de acordo com a necessidade do paciente. Créditos: Implantes dentários

Próteses removíveis são aquelas que substituem dentes que foram perdidos, mas podem ser retiradas da boca para limpeza. São consideradas uma das formas mais antigas para repor dentes, garantindo não só o sorriso perfeito, como a melhora na qualidade de vida.

CTA

Sua função é atuar no lugar de dentes que acabaram caindo ou precisaram ser arrancados por algum motivo. A pessoa, assim, consegue mastigar normalmente e não corre o risco de os outros dentes acabarem saindo do lugar – outra função importante da prótese.

Tipos de prótese removível

image1 (1)
As próteses podem ser flexíveis, apoiadas apenas nos dentes ou neles e nas gengivas. Créditos: Sorrisologia

Existem três principais tipos de próteses removíveis que podem ser recomendadas pelo dentista: apoiada nos dentes, apoiada nos dentes e na gengiva, com encaixes de precisão e flexível. Seu uso e indicação depende do tratamento que está sendo feito.

Conheça melhor cada uma delas:

Prótese apoiada nos dentes

Aproveita a existência de dentes molares, para que não seja necessário apoiar a prótese nas gengivas. É de fácil adaptação e prática para ser colocada. Recomendada para quem ainda possui os dentes molares e não quer usar uma prótese que fique apoiada também nas gengivas.

Prótese apoiada nos dentes e nas gengivas

Quando há muitos dentes perdidos, é preciso que a prótese removível tenha uma melhor fixação. A opção que fica apoiada nos dentes e nas gengivas é, então, a mais indicada. Se apenas os dentes anteriores foram preservados, esta é a prótese mais indicada. Apesar disso, é de difícil adaptação e não traz resultados muito satisfatórios quanto à mastigação.

Além disso, causa traumas à gengiva e exige maiores cuidados com essa região da boca. Outra desvantagem é que deixa a desejar no sentido estético, pois possui grampos que envolvem os dentes e aparecem ao sorrir ou falar.

Prótese com encaixes de precisão

Tem a mesma função da anterior, com a diferença de que apresenta melhores resultados estéticos e menos traumas à gengiva. Possui maior estabilidade e elimina os grampos metálicos nos dentes anteriores.

Prótese flexível

Feita em acrílico flexível, é a opção que mais chama a atenção dos pacientes, apesar de ter custo mais elevado. Não possui grampos metálicos e nem parece se tratar de uma prótese. Apesar disso, é indicada apenas em casos bastante específicos. Apresenta bons resultados em relação à mastigação e não machuca as gengivas.

Manutenção e cuidados com a prótese

resina-protese-dentaria-flexivel-com-125-gramas-D_NQ_NP_844695-MLB27384229161_052018-F
Para garantir uma maior duração da prótese removível, é recomendado ter alguns cuidados específicos. Créditos: Odontocap

Os cuidados com a prótese dentária móvel são muito semelhantes àqueles feitos por quem utiliza dentadura. É necessário remover a estrutura após as refeições, para realizar a limpeza dos dentes ainda existentes e da própria prótese.

Primeiramente, faça uma boa escovação e limpeza das gengivas, língua e dentes restantes. Você pode usar uma escova com cerdas macias para isso. Ao mesmo tempo, deixe a prótese mergulhada em um copo com água.

A pasta de dente pode não ser recomendada para a limpeza da prótese dentária. De qualquer maneira, é interessante se informar com seu dentista. Você deve, então, escovar a estrutura com água – se não apresentar manchas – ou com água e sabão neutro.

Além disso, é importante fazer visitas regulares ao dentista, pois próteses móveis possuem uma “data de validade”. Ou seja, é preciso trocá-la de tempos em tempos e realizar uma nova avaliação para verificar se não seria melhor mudar para a prótese fixa.

Quais são os benefícios que uma prótese removível pode trazer?

Quando comparada à prótese fixa, a opção móvel conta com diversas vantagens. Ainda assim, é preciso levar em consideração prós e contras antes de fazer esta escolha.

Entre as principais vantagens estão:

  • Facilidade de limpeza

Você tira a prótese da boca e pode limpá-la tranquilamente. Realizar a limpeza dos dentes restantes também é mais prático.

  • Tempo de confecção

Quando comparada a outras opções, a prótese móvel é produzida mais rapidamente, já que irá substituir apenas alguns dentes e não ficará fixa a boca. 

Menor custo financeiro

Se a proposta é gastar menos, essa opção é a ideal, já que ela possui custos mais baixos.

Mas é claro que nem tudo é perfeito com a prótese removível. É preciso levar em conta também suas desvantagens, que são:

  • Questão estética

Há casos em que os grampos metálicos ficam aparentes e isso pode ser desagradável para o paciente.

  • Dificuldade de adaptação

Alguns tipos de prótese móvel requerem mais paciência para se adaptar ao seu uso. Há casos em que o paciente se irrita e fica incomodado com a estrutura.

  • Problemas de gengiva

Quando é necessário prender a prótese à gengiva, e não somente aos dentes, há maiores chances de desenvolver problemas nessa região.

CTA FINAL 2

Conclusão

A prótese removível surgiu com o intuito de melhorar a qualidade de vida de pessoas que perderam ou tiveram que retirar alguns dentes. A ideia é permitir não apenas que elas voltem a sorrir sem medo, mas também que possam realizar atividades simples, como comer e falar.

Como você pode perceber, a escolha da prótese certa deve ser feita junto ao dentista, já que isso varia de acordo com os dentes que foram perdidos e do fato de você querer ou não que os grampos metálicos fiquem aparentes.

Por todos os motivos expostos, fica clara a importância de se tirar todas as dúvidas, buscar por aquilo que melhor se adapte à sua rotina e que faça você se sentir bem consigo mesmo (a).

Se você deseja saber mais sobre próteses dentárias, continue a acompanhar o nosso blog!

About the Author:Carolina Caram

Leave a Comment

Whatsapp - 8h às 18h