START TYPING AND PRESS ENTER TO SEARCH

islandia-diminuiu-cigarro-alcool-1

Gosto ruim na boca: quais as principais causas e soluções?

Quem já experimentou um gosto ruim na boca sabe o quanto é desagradável a sensação. Embora o gosto amargo possa estar associado à má higiene bucal, nem sempre ela é responsável por esse sintoma.

Gosto-amargo-na-boca
O gosto ruim na boca pode ocasionar constrangimento, mas existe solução.

Refluxo gastroesofágico, problemas renais e respiratórios, alguns medicamentos, gravidez, tudo isso pode ser causa do sabor azedo ou ácido na boca. É necessário realizar uma consulta ao médico em caso de os sintomas persistirem. Somente esse profissional poderá dar um diagnóstico preciso e indicar um tratamento adequado.

No entanto, listamos aqui as causas mais prováveis do gosto ruim na boca e como solucionar o problema. Confira!

Quais as principais causas para o gosto ruim na boca?

O sabor amargo pode ser resultado de diversos fatores, dentre os quais:

1. Má higiene bucal

Uma das principais razões para o gosto ruim na boca também é causa do mau hálito: a má higiene bucal. Ela provoca a saburra lingual, cárie, gengivite e periodontite.

A saburra lingual, por exemplo, é o depósito de resíduos na língua, tornando a saliva mais espessa e formando a placa bacteriana no local.

Já a cárie é um acúmulo de resíduos e de ácidos formados pelo açúcar e amido que deterioram a placa bacteriana já presente e corrói a área esmaltada, proliferando bactérias causadoras do gosto amargo.

2. Doenças do fígado

A cirrose e a hepatite são doenças hepáticas que causam uma disfunção no fígado, fazendo com que órgão não tenha mais a capacidade de transformar a amônia (substância tóxica) em ureia e liberá-la na urina.

Isso gera um aumento da amônia, levando o paciente a sentir um gosto ruim de cebola ou peixe na boca.

3. Doenças renais

O excesso de ureia e creatinina é comum em pacientes com insuficiência renal, já que o órgão deixa de funcionar corretamente, levando a ureia a ser liberada pelas vias aéreas. Essa ação culmina em um gosto amargo na boca, semelhante ao de amônia.

CTA FINAL

4. Doenças respiratórias

Infecções do trato respiratório, como sinusite, amigdalite, rinite e bronquite costumam deixar a boca com aquele gosto ruim, bastante desagradável.

Isso ocorre porque o sabor amargo na boca em todas essas doenças é provocado por secreções bacterianas que se acumulam na saliva e geram a saburra lingual.

5. Boca seca

A boca seca ou xerostomia é característica da pouca produção de saliva decorrente do cigarro, uso excessivo da fala, certos medicamentos ou em pacientes que roncam.

A saliva participa na proteção e na manutenção do pH da mucosa bucal, além de ser fator importante na formação do bolo alimentar, ajudando no processo digestório e na deglutição.

6. Medicamentos

Alguns medicamentos, como antibióticos, anticancerígenos, medicamentos para hipertireoidismo, azia, diabetes, problemas de coração, pressão arterial e osteoporose (como suplementos de vitamina D) podem provocar o gosto amargo na boca.

7. Cigarro e álcool

O cigarro contém substâncias tóxicas que alteram a mucosa bucal e causam o gosto ruim, porque além da toxicidade, a fumaça do cigarro é quente, o que ajuda a agredir a saúde da boca.

islandia-diminuiu-cigarro-alcool-1
A combinação cigarro e álcool fortalece a ação das substâncias tóxicas na mucosa bucal

A associação com o álcool contribui para a alta concentração da nicotina na cavidade bucal, sendo um dos fatores primordiais para o aparecimento de lesões malignas.

8. Gravidez

O gosto azedo da boca durante a gestação pode ser comum, pois é uma fase de desequilíbrio hormonal, sendo acompanhado por náuseas ou vômitos, em alguns casos.

Algumas mulheres grávidas podem sofrer de efeitos colaterais, como a disgeusia (alteração do paladar), produção maior do hormônio estrógeno que altera o olfato e o paladar também, ou o uso de certos medicamentos, vitaminas pré-natais e pílulas hormonais.

9. Carência de vitamina do complexo B

Apesar de ser uma vitamina facilmente acessível, as vitaminas do complexo B nem sempre são ingeridas na quantidade certa, o que acarreta em sintomas diversos, como cansaço, falta de concentração e problemas bucais que causam o gosto ruim na boca.

10. Refluxo gastroesofágico

O amargor da boca pode surgir quando a acidez do conteúdo presente no estômago retorna ao esôfago, provocando outros sintomas, como a azia.

O frequente refluxo gástrico inflama o esôfago. Essa condição é chamada de esofagite, uma doença que tem cura se o paciente seguir a recomendação correta do médico.

11. Diabetes

O mau hálito e o gosto azedo na boca em pacientes diabéticos decorre, em alguns casos, de doenças periodontais que são mais graves, pois demoram a cicatrizar.

Além disso, a falta de controle da diabetes culmina em alterações bucais desagradáveis, principalmente em pacientes com maior dificuldade para manter o índice normal de glicose no sangue.

12. Câncer de boca

O câncer de boca é caracterizado pelo aumento exorbitante de células benignas ou malignas, geralmente causado por tabagismo ou higiene bucal precária.

O gosto amargo é apenas um dos sintomas da doença, já que os sinais mais claros são feridas que não cicatrizam, alterações na fala, manchas vermelhas no céu da boca e perda de peso.

CTA FINAL 2

Quais são as possíveis soluções?

Existem maneiras simples de solucionar o problema. Porém, em todo caso, se o mau hálito e o gosto ácido, metálico ou azedo for persistente, procure um médico, principalmente em casos de doenças graves.

Veja a seguir uma lista de soluções para você pôr em prática e melhorar o hálito e o gosto da boca.

Mantenha uma boa higiene bucal

Isso é primordial! Escovar os dentes de maneira correta, remover os resíduos na língua e usar fio dental diariamente sempre após as refeições ajuda a manter a higiene bucal e a evitar complicações, como placas bacterianas, cáries e gengivites.

Evite cigarro e álcool

As substâncias tóxicas presentes no cigarro e no álcool agridem a mucosa da boca. Tentar manter a higiene na boca se torna inútil com a ingestão de tais substâncias. O ideal é parar de fumar e moderar na bebida alcoólica.

Mude seus hábitos alimentares

O consumo de alimentos ácidos (pimenta, molho de tomate, limão) e outros alimentos menos saudáveis colaboram para o surgimento da gastrite.

O recomendado é consumir alimentos nutritivos, ricos em vitaminas e minerais que fortalecem o sistema imunitário e protegem o organismo de doenças causadoras do gosto ácido na boca.

Beba água

Com a correria do dia a dia e o costume de beber refrigerantes e sucos ricos em açúcar, algumas pessoas não consomem uma boa quantidade de água, essencial para hidratar o corpo, a mucosa bucal (pois mantém a saliva na quantidade normal e evita a boca seca) e ainda ajuda a reduzir a acidez e o refluxo gástrico.

Essas causas e soluções sobre gosto ruim na boca foram úteis para você? Então você vai gostar também de conhecer a eficiência do raspador de língua. Aproveite e compartilhe este artigo em suas redes sociais para ajudar outras pessoas que possam ter o mesmo problema.

About the Author:Carolina Caram

Leave a Comment

Whatsapp - 8h às 18h