START TYPING AND PRESS ENTER TO SEARCH

1

O que é um mantenedor de espaço e qual a sua importância?

O que é mantenedor de espaço?

Importante acessório para o crescimento da dentição permanente, o mantenedor de espaço é usado por muitas crianças que precisam extrair um dente de leite antes do período ideal.

Normalmente, isso acontece quando há cáries, mas o mantenedor também pode ser usado por outros motivos, como uma queda natural ou um acidente.

1
Acessório útil no período de troca de dentes, o mantenedor de espaço deixa livre o local onde irá nascer o dente permanente.

Feito sob medida, pode ser móvel ou fixo, como um aparelho ortodôntico, embora seu uso seja mais específico. A definição do modelo ideal depende da região onde ele será usado, bem como a fase de desenvolvimento da arcada, ancoragem dos dentes e idade da criança.

Saiba mais sobre os mantenedores de espaço fixos e móveis:

Fixo

Os mantenedores fixos têm quatro subgrupos: coroa e alça; banda e alça; lingual; e guia de erupção distal.

Os dois primeiros são colocados em apenas um lado da boca, mantendo assim o espaço para apenas um dente. O banda e alça utiliza o adjacente para ser preso e tem uma alça – daí o nome – que mantém o espaço do permanente. Já o coroa e alça cobre o dente ao lado, eliminando qualquer possibilidade de fechar o local onde surgirá o definitivo no futuro.

O distal é usado para dentes molares. A extremidade do metal permanece na linha da gengiva, evitando assim que a abertura se feche naturalmente. Seu procedimento é um pouco mais complicado do que o coroa e alça e banda e alça e requer mais tempo e cautela na adaptação.

Por isso, é um dos modelos que precisa de mais supervisão do dentista. O monitoramento do dente molar permanente precisa ser realizado constantemente, para que seu desenvolvimento seja correto.

Também chamado de arco de Nance, o mantenedor de espaço lingual é bilateral e é mais útil quando há falta de mais de um dente. Ele é fixo nos molares e ligado através de um arco à dentição frontal inferior.

Os modelos fixos são mais frequentes em crianças mais novas, que não têm maturidade para aceitar o uso de um aparelho como esse.

CTA

Móvel

Os modelos removíveis são mais usados quando a criança já tem mais idade e recebe melhor o uso do mantenedor de espaço. Apesar de ter uso bem distinto, sua estrutura é semelhante à de um aparelho ortodôntico convencional, utilizado para corrigir a posição da arcada dentária.

Feitos em acrílico, eles podem precisar também, quando não há dentes vizinhos, de um artificial, assegurando o apoio ao aparelho e, consequentemente, mantendo o espaço do que vai nascer.

É importante salientar que o uso dos mantenedores não é a única solução para dentes de leite ausentes. Quando a causa é congênita, pode-se também adotar o uso de uma prótese dentária parcial.

Por isso, consultar o dentista é fundamental. Ele saberá qual é a melhor opção para cada criança.

Qual a importância do mantenedor de espaço?

A perda do dente de leite antes do tempo adequado pode causar alguns problemas futuros para a criança, especialmente no momento de erupção dos permanentes.

O espaço necessita estar livre até o surgimento do substituto. Sem esse apoio, os outros dentes acabam fechando-o naturalmente. Daí a importância do mantenedor de espaço.

Esse aparelho mantém esse espaço livre, sem riscos e transtornos para a criança.

Evidentemente, como já mencionado, a supervisão de um profissional especializado – dentista ou odontopediatra – é essencial. Assim, o mantenedor de espaço pode ser usado corretamente, respeitando a faixa etária e as necessidades do pequeno usuário.

Quem usa mantenedor de espaço deve ter quais cuidados?

3
O uso correto do aparelho facilita a adaptação pela criança, evitando muitos transtornos.

Assim como qualquer aparelho ortodôntico, o sucesso do uso do mantenedor de espaço depende de alguns cuidados especiais. Para isso, os pais devem sempre estar atentos para que não haja dores de cabeça posteriores para todos os envolvidos, principalmente para a criança.

Seu uso precisa de adaptação e qualquer irregularidade pode ocasionar um tempo maior para acostumar-se com o aparelho.

Os cuidados são principalmente em relação à alimentação e limpeza. Os modelos móveis são os que precisam de mais atenção no primeiro quesito. É recomendável evitar, por exemplo, a mastigação de alimentos muito duros.

Já os mantenedores de espaço móveis não precisam de tanta cautela, pois, como podem ser retirados da boca, a criança pode comer e o aparelho pode ser limpo com mais facilidade. No entanto, é mais fácil deixar de usá-lo na primeira irritação.

Para que isso seja evitado, ele é mais frequentemente usado por crianças maiores, como já citado.

Portanto, é importante seguir as dicas passadas pelo dentista, bem como supervisionar a criança de maneira eficiente para haja um uso contínuo do mantenedor.

E não se esqueça: mesmo os aparelhos móveis devem ser limpos cuidadosamente. Os efeitos positivos de seu uso dependem desses detalhes que às vezes não parecem ter tanta importância.

CTA FINAL 2

A limpeza dentária é algo que não se pode descuidar, independentemente do modelo de mantenedor bucal. Fazê-la de forma regular, com escovação e fio dental, garante o bom uso do aparelho – e, consequentemente, os resultados são alcançados em menor tempo e de modo mais eficaz. Além disso, resíduos podem provocar cáries.

Se você acredita que seu filho precisa usar o mantenedor, procure seu dentista e tire suas dúvidas. E, se você está próximo ao Instituto, agende uma consulta. Você e sua criança serão muito bem recebidos.

Para saber mais sobre saúde bucal e outros recursos que podem ser usados para seus dentes, não deixe de ler os outros textos deste blog. Também visite o site sempre e tenha acesso a conteúdo atualizado e exclusivo, com informações objetivas.

Comente em caso de dúvidas sobre o mantenedor de espaço ou então para contar alguma experiência com o aparelho. Ouvi-lo é sempre um prazer e uma grande satisfação.

About the Author:Carolina Caram

Leave a Comment

Whatsapp - 8h às 18h